(Campo Grande) Nesta segunda-feira, às 20h, O Clube do Litoral Central, vai se apresentar com entrada franca, no Teatro Glauce Rocha. O evento faz parte de um projeto de extensão da UFMS em comemoração aos 40 Anos de Mato Grosso do Sul, com apoio do Governo do Estado por meio da SECC.

Os ingressos devem ser retirados com até uma hora de antecedência no saguão do Teatro.

O CLUBE DO LITORAL CENTRAL é um coletivo formado por sete cantores, compositores e instrumentistas campo-grandenses que refletem a cena atual da música sul-mato-grossense. Jerry Espíndola, Guga Borba, Ju Souc, Leandro Perez, Rodrigo Teixeira, Renan Nonato e Rodrigo Sater, cada um com sua história musical e muita coisa em comum: amizade, parceria, intimidade sonora, união e coesão de ideias.

O CLUBE fomenta a música autoral investindo em um repertório que mescla composições próprias e reinterpretações de clássicos sul-mato-grossenses. Os shows ainda contam com convidados especiais, sejam novíssimos talentos ou consagrados artistas do MS.

O nome é uma homenagem póstuma ao compositor Geraldo Roca, que batizou a moderna música sul-mato-grossense de “música do Litoral Central”, conforme batizou a canção título de seu disco homônimo lançado em 1997. A “música do Litoral Central” tem ligação com a Bacia do Prata e bebe da mesma fonte que argentinos, uruguaios e paraguaios. Entre os compositores interpretados pelo CLUBE estão, além de Geraldo Roca, nomes como Geraldo Espíndola, Almir Sater, Geraldo Roca, Paulo Simões e Guilherme Rondon, além de bandas como Bêbados Habilidosos, Filho dos Livres e Chanóise.