Centro Cultural oferece curso gratuito de teatro para adolescentes e adultos

Campo Grande (MS) – O Centro Cultural José Octávio Guizzo – unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul – abre nesta terça (10 de abril) inscrições para a “Oficina de Criação Teatral”, ministrada pelo ator e diretor Leandro Faria (Lelo). As aulas fazem parte do Programa Educativo e são gratuitas. São voltadas para pessoas a partir dos 15 anos (com ou sem experiência) e tem início dia 17 de abril, das 18h30 às 21h30, seguindo até agosto.

A Oficina de Criação Teatral consiste em reproduzir os processos de uma produção de teatro profissional, com atores iniciantes e/ou experientes. Os alunos participarão do processo de criação de um espetáculo, desde a construção do texto até as apresentações públicas.

O principal objetivo da oficina é desenvolver o ator e o ser humano, mostrando um olhar criativo, contemporâneo e abrangente sobre o “fazer teatral”. Apresentar um ponto de vista técnico da arte de atuar, como forma de ampliar o repertório dos atores para seus próximos trabalhos.

Cronograma da oficina – Somente no mês de abril haverá uma programação especial, com datas e horários diferenciados. De maio em diante as aulas acontecem às terças e quintas-feiras. Confira:

Abril: 17 e 19, das 18h30 às 21h30, 21, das 14h às 16h30, 22, das 15h às 17h, 24, das 18h30 às 21h30 e 28, das 14 às 16h30; Maio: 3, 8, 10, 15, 17, 22, 24 e 29, das 19h às 21h; Junho: 5,7, 12, 14, 19, 21, 26 e 28, das 19h às 21h; Julho: 3, 5, 10, 12, 17, 19, 24 e 26, das 19h às 21h; Agosto: 2, 7, 9, 14, 16, 21, 23 e 28, das 19h às 21h.

Acervo / Leandro Faria

Ministrante – Leandro Faria tem 40 anos e é natural de Paranaíba (MS), é dramaturgo, diretor, produtor e ator. Estudou três anos de direção teatral na ECA-USP, em São Paulo, de 1996 a 1998 e interpretação na Escola de Arte Dramática EAD-ECA-USP, também na capital paulista, de 1999 a 2003. Atualmente, cursa o último ano de Letras na UEMS, em Campo Grande.

Como ator participou na premiada montagem de “O Rei Lear”, de W. Shakespeare, ao lado de Raul Cortez; “Gota D’Água”, de Chico Buarque e Paulo Pontes, dirigida por Regina Galdino. Participou da novela “A Pequena Travessa”, no SBT, com a personagem Ricardo Ramos. Foi diretor do grupo de teatro Six a Sèc no espetáculo “A Cantora Careca”, de E. Ionesco, finalista, representando o estado de São Paulo no Prêmio Criação Teatral Volkswagen.

De 2010 a 2014 ministrou a Oficina Teatral de Criação e Montagem no Centro Cultural José Octávio Guizzo, onde escreveu e dirigiu “O Ensaio da Loucura”, “20 e Poucos Heróis…”, “O Santo Milagreiro”, “Salve-se Quem Puder”, “Os Amadores”, “Olimpíadas” e “No Centro da Própria Engrenagem”; Também dirigiu um dos textos clássicos de W. Shakespeare, “Romeu e Julieta”.

Coordenou o projeto mensal Conta uma História, que visava incentivar a leitura entre pais e filhos, entre 2011 e 2012. Diretor e ator no espetáculo “A Sogra”, (2013), adaptação de Marcio Veiga para a obra de Aluísio de Azevedo. Foi professor de teatro no CEDEG-APAE da capital, de 2014 a 2015.

Fundador da Cia. Teatro Dois, com a peça de teatro “Inocência”, inspirada na obra homônima de Visconde de Taunay. Coordenou, ao lado de Philipe Faria, a Oficina de Criação Teatral/Musical, no SESC Horto, em Campo Grande. Pela Cia. OFIT, é ator no espetáculo “3,4 Graus na Escala Richter” e participa como ator convidado do projeto Amadores.

No cinema participou de curta metragens, como “Equê de Vuitton” (2003), de Dácio Pinheiro (SP); “A Vez de Matar, A Vez de Morrer”, (2015), de Giovanni Barros (RJ), trabalho que rendeu recentemente o prêmio de Melhor Ator no Festival Belo Jardim, em Recife (PE); “O Mito Paralelo” (2014), de Marinete Pinheiro (CG); “Nós O(u)tros” (2013), de Rodolfo Ykeda (CG), “Não Me Lembro” (2015), de Fábio Flecha, entre outros. Ator na web série “Simão Morto”, 2015, de Breno Benetti e Luana Benetti. Mestre de cerimônias, de 2012 a 2013, do Sarau no Centro Cultural (CCJOG).

Em 2015 abriu a agência virtual de atores LFCasting, desenvolvendo a preparação e a produção de elenco para TV e cinema, com trabalhos em parceria com a produtora O2 Vídeos, de São Paulo, SP; 7Vídeos e Render Brasil.

Serviço – As inscrições acontecerão a partir de 10 de abril, de terça a sexta, das 8 às 14 horas. Os interessados deverão se dirigir ao Centro Cultural, que fica localizado na Rua 26 de agosto, 453 – centro munidos de cópias do RG e CPF. Menores de idade deverão vir acompanhados dos pais ou responsáveis e apresentar a mesma documentação. O curso terá certificado e oferecerá 20 vagas, excedendo o número de vagas será criada uma lista de espera. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795.

Contato para a Imprensa – Leandro Faria (Lelo): 99952-1140

Texto: Jefferson Benicio