Atração do Cine Café no MIS, longa iraniano debate limites da liberdade das mulheres

Campo Grande (MS) – Premiado em festivais e considerado um dos expoentes da atual boa safra de diretores iranianos, o longa “Circumstance”, dirigido por Maryam Keshavarz, é a atração especial do projeto Cine Café desta sexta (11 de maio). O projeto é realizado no Museu da Imagem e do Som da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e começa às 19 horas. E a entrada, como sempre, franca.

Atafeh Hakimi (Nikohl Boosheri) é uma jovem de 16 anos de uma família rica de Teerã, no Irã. Ela e sua melhor amiga, Shireen (Sarah Kazemy), uma orfã cujos pais eram anti-revolução, participam com frequência em festas, com experiências com bebidas e drogas. Enquanto isto, os pais de Atafeh, Firouz e Azar Hakimi, relembram a sua juventude, pensando no que se tornou e o que será da sua família.

O irmão de Atafeh é um dependente de drogas em recuperação que se torna cada vez mais religioso e obcecado com Shireen, que por sua vez vive com os tios, frequenta habitualmente a casa da família Hakimi, mantendo uma relação íntima com Atafeh. Shireen, sonha fugir com Atafeh para um lugar como o Dubai, onde possam ter uma relação livre.

O filme debate a falta de liberdade para as mulheres no país por meio do relacionamento das duas amigas, que desenvolvem sentimentos uma pela outra.

Serviço: A exibição de “Circumstance” acontece na sexta-feira (11 de maio), às 19 horas, com entrada franca. O MIS fica no Memorial da Cultura e da Cidadania, na avenida Fernando Correa da Costa, 559 Centro, no terceiro andar.