Em Mato Grosso do Sul, são 31 municípios envolvidos na SNCT, 207 instituições e 1.365 atividades que serão apresentadas.

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, outubro 22, 2015 as 09:25 | Voltar

Estudantes das escolas estaduais José Maria Hugo Rodrigues, Riachuelo, Advogado Demosthenes Martins e da escola municipal Ione Catarina Gianotto Igydio foram os primeiros a prestigiara Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). Atentos à solenidade de abertura, que aconteceu nesta quarta-feira (21), no Teatro Aracy Balabanian, os estudantes disseram em coro que esperam durante a Semana aprender mais e ver na prática os debates de sala de aula.
Da escola estadual José Maria Hugo Rodrigues, a estudante Rhaíssa Pereira, de 15 anos, conta que participou neste ano da Feira de Ciência e Tecnologia (Fecitec) e está empolgada para aprender mais na SNCT. "Pretendo conhecer novas ideias e acredito que tudo que eu vir aqui vai me ajudar na sala de aula", disse.
De mesma opinião, a estudante da escola estadual Riachuelo, Sara Rezende Batista, de 16 anos, disse que o aprendizado que irá adquirir na SNTC vai ajudá-la a ampliar seu conhecimento. "Quero ver algo que me impressione. Acredito que verei muitas coisas que vão me ajudar no conhecimento teórico que já tenho. Quero ver na prática o que vemos em sala de aula", argumentou.
E é essa curiosidade, essa sensação de saber, que a SNCT pretende trazer aos visitantes. Aproximando ciência e tecnologia da população, a Semana promove diversos eventos que congregam centenas de instituições a fim de realizarem atividades de divulgação cientifica. Em Mato Grosso do Sul, são 31 municípios envolvidos, 207 instituições e 1.365 atividades que serão apresentadas.
O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), enfatizou a importância da realização da SNCT e como a produção cientifica é fundamental neste momento de crise política e econômica. "Nada vamos conseguir se realmente não investirmos em ciência, tecnologia e inovação. Esse é o caminho para todos da sociedade e dos governos para superarem os grandes desafios. Pela primeira vez em 15 anos não teremos crescimento, isso mostra uma retração da economia nacional e impõe a todos sermos mais eficientes na busca da tecnologia, da inovação, da melhoria das entregas em favor das pessoas. Melhorar o desempenho dos governos, e principalmente, usar isso, a mente das pessoas, os estudantes, com a criatividade que têm, para superarmos os desafios. Não tenho dúvida de que teremos uma semana proveitosa", afirmou.
Para o secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), Athayde Néri, a SNTC é um momento significativo do ponto de vista nacional e estadual para estimular o fomento da ciência e tecnologia. "A Semana é emuladora deste sentimento de inovação, de empreendedorismo, de criatividade, de busca de novas referências neste mundo globalizado. O Estado precisa ser catalisador disso. Sem dúvida nenhuma, o sentimento e a criatividade destes jovens estimulados vão fazer com que se adquiram muitos resultados positivos para o cotidiano das pessoas. A gente tem que saber que esses experimentos vão impactar no cotidiano das pessoas, seja no ponto de vista da sustentabilidade, seja na questão da saúde, na educação", afirmou.
Representando o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, Charles Narloch, pontuou que é extremamente importante o trabalho que está sendo desenvolvido em Mato Grosso do Sul. "O Estado conseguiu aumentar significativamente a sua participação na SNCT. Maior número de municípios envolvidos e de atividades inscritas. E a gente espera que a percepção da ciência pelas pessoas seja cada vez mais sentida pela população em geral, e não apenas pelos estudantes", afirmou.

IMG_7863

Participaram da abertura representantes das secretarias de Estado da Produção e do Turismo-Geral (Sepaf), de Educação (SED), Federação das Indústrias (Fiems), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio/MS), Federação da Agricultura e Pecuária (Famasul), Fundação de Turismo (Fundtur), Embrapa Gado de Corte, Universidade Federal (UFMS), Universidade católica Dom Bosco (USDB), Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae).
Serviço
As visitas ao espaço de exposição e atividades por grupos de alunos acontecem das 7h30 às 17h30 e podem ser agendadas com a superintendência de Ciência e Tecnologia pelos telefones 3316-9165, 3316-9164 ou por e-mail (snctms@sectei.ms.gov.br). A entrada é gratuita.
Acesse o hotsite da SNCT 2015.

Fonte MCTI
Fotos Edemir Rodrigues

Publicado por: tmotta@fazenda.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.