Com Sectei, municípios pantaneiros querem alinhar o movimento que valoriza a cultura do Pantanal

Categoria: Geral | Publicado: sábado, agosto 15, 2015 as 11:53 | Voltar

Na manhã desta sexta feira (14), prefeitos e gestores de cultura dos municípios pantaneiros participaram de um encontro com a Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), no auditório do Museu da Imagem e do Som (MIS), para alinhamento do movimento de valorização da cultura pantaneira e retomada do projeto Rota Cultural do Pantanal.

Estiveram presentes o secretário Athayde Nery, a secretária adjunta Andréa Freire, o presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (Fundect-MS), Marcelo Turine, a superintendente de Economia Criativa da Sectei, Cláudia Medeiros, o superintendente de cultura Zito Ferrari, além do vice presidente regional da Fiems, Luiz Cláudio Fornari e Márcia Rocha, do Sebrae.

Representando os municípios da Rota, compareceram também a vice-prefeita de Corumbá, Márcia Rolon, o prefeito de Porto Murtinho, Heitor Miranda dos Santos, o prefeito de Rio Verde,Mário Alberto Kruger e gestores culturais dos municípios de Coxim, Corumbá, Aquidauana, Bodoquena, Porto Murtinho, Rio Verde e Sonora.

Dando boas vindas aos participantes, houve apresentação musical do argentino Alejandro Brittes e da orquestra Orquestra Prelúdio, regida pelo maestro Eduardo Martinelli.

Cultura Pantaneira

Surgido em 2013, o movimento da cultura pantaneira teve início por meio da Comissão Temática para a valorização da cultura pantaneira. A presente Comissão integra o Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae/MS, responsável pela articulação institucional. Já na Conferência Intermunicipal de Corumbá, surgiu a demanda da criação da Rota Cultural do Pantanal, apoiada pelo Movimento para a valorização da cultura pantaneira.

A superintendente de Economia Criativa da Sectei, Cláudia Medeiros, conta que agora a Sectei se agrega ao movimento, fato importante por abraçar a cultura pantaneira como estratégia de desenvolvimento dos municípios pantaneiros.

“No início do governo a Comissão Temática do Sebrae sensibilizou o governo agregando a Sectei ao movimento de valorização da cultura pantaneira, agora estamos retomando os trabalhos iniciados em 2014, com o desafio de tornar a cultura pantaneira um patrimônio da identidade sul-mato-grossense”, acentuou Cláudia.

IMG-20150814-WA0004

IMG-20150814-WA0005

IMG-20150814-WA0012

Publicado por: tmotta@fazenda.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.