Governador lança o 18º FIB e destaca apoio de parceiros na manutenção do evento que marca os 40 anos de MS

Categoria: Geral | Publicado: segunda-feira, junho 26, 2017 as 14:29 | Voltar

Campo Grande (MS) – Ao lançar na manhã desta segunda-feira a 18ª edição do Festival de Inverno de Bonito (FIB), que este ano terá como tema os 40 anos de criação de Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja destacou as parcerias com o Legislativo estadual, bancada federal, prefeitura de Bonito e setor privado, sem os quais, segundo ele, não seria possível promover um evento que será um marco para a cultura regional.

“Manter festivais como este de Bonito é um exercício, que exige o empenho do governo, mas, sobretudo, da participação de todos os segmentos como nesta parceria que nos permitiu anunciar um festival muito representativo e nesse nível de amplitude, em celebração aos nossos 40 anos de Mato Grosso do Sul”, afirmou Reinaldo Azambuja.

Ele citou ainda a participação e o envolvimento dos artistas, das universidades, estudiosos, escritores e outros segmentos para que o FIB se transforme também em um grande foro de discussão de temas relevantes e atuais, como o combate a homofobia, a construção da malha cultural sul-mato-grossense e a cultura indígena. “O Festival de Bonito é isso que estamos vendo aqui, é essa pluralidade, a nossa diversidade”, comentou.

(Foto: Álvaro Herculano)

 

Cumprindo obrigações

O governador falou da ação do seu governo de intervir no aeroporto municipal de Bonito, cancelando a concessão da sua administração, para que não fossem interrompidos os voos comerciais, e realçou o trabalho da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania (SECC) de envolver, juntamente com a prefeitura local, a comunidade bonitense na formatação desta edição do FIB e na ampliação dos eventos para atender distritos, assentamentos e bairros.

“Ouvir Bonito é um grande avanço no fechamento dessa programação, vocês são nossos anfitriões”, disse, dirigindo-se ao prefeito do município, Odilson Arruda Soares, presente ao lançamento do festival.

Finalizando seu discurso, Reinaldo Azambuja disse que a manutenção do FIB e de outros festivais, como o Festival América do Sul, que será realizado em novembro, em Corumbá, é resultado das duras medidas adotadas pelo seu governo no sentido de controlar gastos, reduzir a estrutura administrativa e cumprir obrigações, como pagar os salários em dia dos servidores, fazer entregas e lançar investimentos.

“A crise existe e sempre vai existir, temos que esquece-la e olhar para a frente. Temos que superá-la com muito afinco e dedicação, com equilíbrio financeiro, mesmo que exija medidas duras, para que possamos cumprir nossos compromissos e ter momentos como este, onde anunciamos, com muita alegria, mais um festival de Bonito”, pontuou.

Construindo o futuro

O lançamento do FIB 2017 ocorreu na Governadoria, com a presença de deputados federais e estaduais, secretários estaduais e representantes de vários segmentos ligados à Cultura. Na entrada do governador ao local do evento, foi recepcionado pelo músico Dino Rocha, que interpretou as músicas Chalana e Gaivota Pantaneira, acompanhado de Aldo e Geraldo Ortiz. Reinaldo Azambuja ainda recebeu artesanatos das tribos terena e guató.

Ao apresentar o novo formato do festival, o secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery, ressaltou que esta edição comemorativa dos 40 anos de Mato Grosso do Sul une a maturidade do Estado, criado em 11 de outubro de 1977, e a maioridade do FIB, que completa 18 anos. “Vamos fazer um festival da transversatilidade, do respeito às pessoas, da cidadania, construindo e anunciando o futuro para os próximos 40 anos com uma política pública duradoura”, citou.

Nery enfatizou as personalidades homenageadas no próximo FIB, a professora e escritora Maria da Glória Sá Rosa, que morreu em 2016, e a dupla Bete e Betinha, ícone da música sertaneja de Mato Grosso do Sul, a qual terá participação especial no show de Tetê Espíndola e Alzira Espíndola. O secretário informou, ainda, que o número de atrações nesta edição passa de 83, em 2016, para 149, neste ano, sendo 130 com participação apenas de artistas regionais.

Confira a programação completa e mais fotos do lançamento.

Sílvio Andrade – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Foto capa: Edemir Rodrigues

Publicado por: tmotta@fazenda.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.