Maria Alice volta aos palcos com clássicos da música do interior do Brasil

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, setembro 19, 2017 as 16:32 | Voltar

Campo Grande (MS) - A sonoridade dos sertões do Ceará, Minas Gerais, Goiás, São Paulo e Mato Grosso do Sul reuniu um caldeirão cultural de influências que desaguaram no mais novo trabalho da cantora Maria Alice. Imersa em suas memórias afetivas que se reavivaram agora nos seus 50 anos, a artista volta aos palcos com o show “Sertões”, que levará ao público um repertório de músicas difundidas no interior destes estados. Clássicos que remetem a cantora a um imaginário de cenas, cheiros e sabores de infância e juventude e sua conexão com referências musicais interioranas da Música Popular Brasileira. O show de lançamento acontece no próximo dia 28 de setembro, às 20h, no Teatro Prosa localizado na rua Anhanduí, nº 200, no centro da capital. 

Quem prestigiar o show de lançamento deste riquíssimo trabalho vai se deleitar com 16 composições de nomes como Luiz Bonan,Serafim C. Gomes, Luiz Gonzaga, Zé Dantas, Angelino de Oliveira, Juan Galeano, Frederico Molas, Vital Farias,  Humberto Teixeira, Dino Franco, Tião Carreiro, Almir Sater, Paulo Simões, Mário Palmério, Renato Teixeira, Lourival dos Santos, Tião Carreiro, Piraci, Zacarias Mourão, Flor da Serra, Ramón Sixto Rios, Celito Espíndola e Alfredo Karam. Por se tratar de um repertório de clássicos já conhecidos, o encarte do CD “Sertões” traz ao invés das letras das músicas, informações sobre estes compositores que deixaram um grande legado à Música Popular Brasileira ouvida no interior.

O trabalho também teve um cuidado primoroso com os arranjos feitos pelo diretor musical Pedro Ortale, que trouxe leveza às composições que não se desviaram de suas características originais , mas valorizaram as performances de instrumentistas que são seus contemporâneos e outros da atual geração que atuam em Mato Grosso do Sul. No repertório figuram clássicos como “Poeira”, “Rio de Lágrimas”, “Saudade”, “Assum Preto”, “Tristeza do Jeca”, “Merceditas”, “Kalu” e “Amargurado”, hinos nordestinos, como “Sabiá”, “Forró no Escuro” e “Qui Nem Jiló”, passa pela toada “Sete Cantigas Para Voar” e pelos clássicos sul-americanos “Ndéve Guará Santani” e “Merceditas”. Entre as músicas autorais sul-mato-grossense se destacam “A Matogrossense”, “Sonhos Guaranis” e “Peão de Amor”.

Além do violonista Pedro Ortale, participaram do projeto, Rodrigo Sater (violão aço), Antônio Porto (baixo), Renan Nonato (acordeon), Néio de Jesus (percussão), João Pedro Ortale (percussão), Marcos Mendes (violão nylon), Ivan Cruz (violão nylon) e Maria Claudia (vocal).

“Sertões” foi gravado nos meses de maio e junho de 2017 em Campo Grande (MS) no estúdio Uaná Áudio, pelo músico Marcos Mendes. A mixagem e masterização foram realizadas pelo produtor Cláudio Abuchaim em Goiânia (GO). O design gráfico do disco é assinado pelo artista visual Lula Ricardi e as fotos do encarte de Elis Regina Nogueira. A produção do CD é da Marruá Arte e Cultura.

Mais informações da artista Maria Alice e do trabalho “Sertões”, podem ser encontrados no site www.mariaalice.art.br.

Serviço: Os ingressos são gratuitos e poderão ser retirados na bilheteria do teatro no dia 27 das 13h às 20h e no dia 28, das 13h às 19h30.

Publicado por: Gisele Colombo

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.