No enfrentamento à violência contra a mulher, Polícia Civil lança projeto

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, março 31, 2017 as 19:32 | Voltar

CAMPO GRANDE (MS):  Na tarde de hoje (31), às 14h30, na Delegacia Geral da Polícia Civil, no Parque dos Poderes, representando a Polícia Civil, o Drº Marcelo Vargas, juntamente com a Subsecretária de Política Públicas para Mulheres do Estado de Mato Grosso do Sul, Luciana Azambuja, o Subsecretario de Políticas Públicas para a Juventude Diego Mariano da Silva Souza, assinaram o termo de cooperação mútua, onde será viabilizado o projeto de prevenção da violência doméstica contra mulheres de 12 e 24 anos.

O termo foi assinado ainda no mês de março, justamente por tratar-se do período em que as ações de combate a violência contra a mulher se intensificam.

 

Como objetivo geral, o projeto vai trabalhar a questão da violência doméstica, com meninos e meninas, adolescentes e jovens mulheres e homens, através de uma campanha educativa, palestras nas escolas e ações pontuais, visando melhorar e ampliar as relações sociais de gênero, violência doméstica e masculinidade. 

Conforme estatísticas policiais, no período de 01/01/2016 a 01/08/2016 foram registradas 4.214 (quatro mil, duzentos e catorze) ocorrências de violência doméstica contra mulher, só na cidade de Campo Grande!

Deste número 189 (cento e oitenta e nove) ocorrências correspondem a infrações cometidas contra jovens do sexo feminino com idade entre 12 e 17 anos; e 886 ocorrências foram cometidas contra mulheres na faixa etária entre 18 e 24 anos.

Se computarmos os números de todo o Estado, chegamos ao impressionante 10.728 (dez mil, setecentos e vinte e oito) ocorrências de violência contra mulher registradas. Destas, 668 (seiscentos e sessenta e oito) são contra vítimas na faixa etária dos 12 a 17 anos, e, 2.517 (duas mil, quinhentos e dezessete) ocorrências contra mulheres entre 18 e 24 anos.

Conforme dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas – existem 405.464 (quatrocentos e cinco mil e quatrocentos e sessenta e quatro) mulheres residentes no Estado de Mato Grosso Sul enquanto os homens somam 381.333 (trezentos e oitenta e um mil e trezentos e trinta e três).

Embora os números mostrem que a mulheres estão em maiores quantidades ainda existe o grande problema da violência de gênero sofrida por estas, além de discriminações sociais.

O presente projeto visa a combater a prática de crimes de violência doméstica contra mulher, assim como quaisquer outras práticas de violência, contra mulheres na faixa etária entre 12 e 24 anos através da realização de palestras com Delegados (as) de Polícia, educando jovens mulheres e, principalmente, homens!

É importante perceber que, ainda hoje existem dificuldades em reconhecer a equivalência das condições de equidade e isonomia entre o homem e a mulher.

Por vezes, vemos a incapacidade da sociedade para admitir a fragilidade da segurança que a mulher encontra em todos os contextos sociais, sobretudo aqueles onde o Estado está ausente. Existe dificuldade para acreditar que a cultura do machismo banaliza violências mínimas (como o “psiu” na rua), violências intermediárias (como resistir ao fim de um namoro) e violências máximas (estupro, sequestro, assassinato) todos os dias contra mulheres das mais diversas faixas etárias.

Iniciar a conscientização de crianças e adolescentes – 12 anos – fase em que meninos e meninas começam a questionar conflitos e fazerem descobertas sobre a vida, é de extrema importância para mudança da mentalidade de toda a sociedade e visa incitar o respeito incondicional entre ambos, para que tenhamos no futuro uma sociedade melhor.

Estiveram presentes na reunião, o Delegado Geral Adjunto, Drº Adriano Garcia Geraldo, o Diretor do Departamento de Polícia da Capital (DPC), Drº Pedro Espíndola Camargo, o Drº Edilson dos Santos Silva, Diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), o Drº Fabiano Ruiz Gastaldi, Diretor do Departamento de Recursos de Apoio Policial (DRAP), o Drº Ivan Barreira, Diretor de Polícia Especializada (DPE).

Texto e fotos: Comunicação Polícia Civil MS

Publicado por: tmotta@fazenda.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.