Público se emociona com a música “Coração do Brasil” criada por Almir Sater e Paulo Simões

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, setembro 15, 2017 as 15:54 | Voltar

Campo Grande (MS) – Na noite de ontem (14), no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, o governo do Estado, com participação efetiva da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania, deu continuidade às celebração dos 40 anos de Mato Grosso do Sul. Na ocasião foi apresentada ao público a música “Coração do Brasil”, criada por Almir Sater e Paulo Simões, para comemorar os 40 anos de criação do Estado.

A entrada do Centro de Convenções foi decorada com o Landau preto, usado pelo primeiro chefe do Executivo estadual, Harry Amorim Costa (janeiro a junho de 1979) e com a estátua de bronze do poeta Manoel de Barro, criada pelo artista campo-grandense Ique Woitschach.  Em meio a obras de artistas plásticos sul-mato-grossenses os presentes foram recepcionados por representantes das comunidades negra, indígenas e paraguaia. 

Esta homenagem dos 40 anos de Mato Grosso do Sul vem enaltecer a todos aqueles que ajudaram a desenvolver este Estado. “O governador que teríamos que construir essa agenda positiva, resgatar a nossa história olhando o horizonte. Este sentido de pertencimento que temos que ter. Nossa matriz cultural é diversa e todos os segmentos estão construindo nossa identidade que vai ser mostrada ao Brasil. Precisamos saber onde estamos para saber para onde vamos”, destacou o secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery.

A música “Coração do Brasil” emocionou a platéia ao final do show que ovacionou o cantor. Almir relembrou os clássicos “Kikio” (Geraldo Espindola), “Trem do Pantanal” (Geraldo Roca-Paulo Simões) e Chalana (Mário Zan-Arlindo Pinto) e cantou músicas novas que integram o premiado CD “Ar”, gravado em parceria com Renato Teixeira.

Quando olho para o futuro, vejo um estado cada vez melhor, que pulsa e se desenvolveu. Todo sul-mato-grossense tem orgulho do lugar em que mora. Essa construção é coletiva e só temos a agradecer a todos que participaram dessa construção”, finalizou o governador Reinaldo Azambuja.

“Coração do Brasil” 
(Almir Sater e Paulo Simões)

40 anos, tanto já se passou.
Mas ainda me lembro quando uma nova estrela brilhou!
Eu vi nascer Mato Grosso do Sul.

 40 anos, tanto água rolou.
Veio gente de fora, e com o povo daqui se juntou.
E vi crescer Mato Grosso do Sul.

 40 anos, da semente saiu,
Uma árvore inteira, e nesta terra boa floriu,
e se fez Coração do Brasil.

 40 anos, muitos outros virão.
Seus filhos e filhas, por nossas trilhas se encontrarão.
No Coração do Brasil.

 40 anos, a semente floriu!
40 anos, Coração do Brasil!”

 

Publicado por: Gisele Colombo

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.