Sarau de encerramento da Semana de Ciência e Tecnologia teve música e observação astronômica

Categoria: Geral | Publicado: sábado, outubro 22, 2016 as 19:31 | Voltar

Campo Grande (MS) – Aconteceu na noite desta sexta-feira (21), no Memorial da Cultura e da Cidadania, o Sarau de Encerramento da 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2016 (SNCT). Apresentaram-se o músico Chicão Castro, as bandas Intervenção Punk e Toca Fitas, e houve observação do céu com telescópio montado pelos integrantes do Clube de Astronomia Carl Sagan, da UFMS.

sarau-da-snct-9356

A SNCT aconteceu de 19 a 21 de outubro e o tema deste ano é “A ciência alimentando o Brasil. Foram realizadas atividades em 67 municípios do Estado. Em Campo Grande, no Memorial da Cultura, 42 escolas públicas e cinco particulares visitaram os estandes das instituições e dos 12 Núcleos de Tecnologias Educacionais, totalizando 2.500 pessoas nos três dias de evento.

Para o secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), Renato Roscoe, o legado desta Semana foi a confirmação de que as parcerias fazem grandes eventos e são um caminho para levar a ciência e a tecnologia para a sociedade. “O grande objetivo dessa semana foi popularizar a ciência, desmistificando-a e levando-a para os jovens. O tema foi pertinente para Mato Grosso do Sul. Está muito claro que o desenvolvimento científico proporcionou o desenvolvimento do Estado por meio da agricultura”.

Presente no sarau de encerramento, o diretor-presidente da Fundect, Marcelo Turine, disse que esta Semana foi apenas o começo de vários eventos que vão acontecer em outubro e novembro no Estado, como as feiras de ciências nas escolas. “Estes eventos são realizados para movimentar Mato Grosso do Sul nas áreas de ciência, tecnologia e educação, visando despertar nos jovens sentimentos de criatividade e olhar para o próximo para resolver problemas da sociedade. Serão dois meses de atividades, em que vamos discutir como a tecnologia pode ajudar a melhorar a sociedade”.

Turine informou que Mato Grosso do Sul está em terceiro lugar em participação na SNCT, e é exemplo de articulação. “A Semana vem empoderar nossas instituições e mostrar para a sociedade o que elas estão fazendo. O apoio do governo é fundamental para que o evento aconteça. Tem que haver articulação com a juventude, pois sem os jovens nós não somos nada. A Semana é isso, é show, cultura e ciência”.

sarau-da-snct-9360

O coordenador de Políticas de Ciência e Tecnologia da Superintendência de Ciência e Tecnologia (Sucitec), Valdecir Alves, declarou que a Semana despertou os alunos para tomarem gosto pela ciência e pelo estudo. “Participaram instituições e escolas públicas de todo o Estado, além de 34 instituições de Campo Grande. A parceria entre a área de ciência e tecnologia com a Secretaria de Estado de Educação foi o que marcou este evento, pois o evento é para os alunos, para despertar o gosto pela pesquisa, para que eles percebam que a ciência está muito mais próxima do dia-a-dia deles do que podem imaginar”.

Os estudantes de Física Keissy Carla Oliveira Martins e Valdiney Rodrigues Pedrozo Júnior participaram da SNCT no evento “Ciência na Cozinha e outras histórias”. Eles fazem parte do Laboratório de ciência Atmosférica e do Clube de Astronomia Carl Sagan, da UFMS. Durante a Semana, mostraram aos participantes o sensor de campo elétrico, instrumento que mostra se vai haver queda de raios. Também participaram, pelo Clube de Astronomia, de demonstrações sobre as constelações e agricultura indígena, demonstrando como os índios olham o céu para saber em que estação do ano se encontram.

Para s estudantes, o contato com o público foi muito “bacana”. “Nós somos de uma universidade pública, que tem um papel social importante. As pessoas pagam impostos para manter a UFMS, e este evento foi uma possibilidade de contribui para trazer conhecimento para a população”.

Keissy e Valdiney, entre outros participantes do Clube de Astronomia, instruíram os participantes do Sarau Cultural para a observação de Saturno, Marte e Vênus por meio de telescópio instalado na rampa de acessibilidade. Alguns aglomerados de estrelas também foram observados, pois o céu estava claro e contribuiu para a observação. E com certeza também contribuiu para a alegria dos participantes do Sarau e para o sucesso do evento.

 

texto Karina Lima

Publicado por: tmotta@fazenda.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.