Sectei encerra ciclo de capacitação de apoio a municípios para o ano de 2016

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, outubro 27, 2016 as 15:58 | Voltar

Campo Grande MS - Com apoio do Governo do Estado, a equipe de Economia Criativa da Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), encerrou na manhã desta quinta-feira (27), no Eco Hotel do Lago, em Campo Grande, a capacitação continuada de elaboração do Plano Municipal de Cultura, embasada no Projeto de Apoio e Estruturação dos Sistemas Municipais de Cultura (Prosimc), para do ano de 2016.

Na ocasião, alguns municípios apresentaram seus diagnósticos e trocaram experiências entre eles sobre as formas de elaboração do sistema municipal de cultura. O segundo capítulo, que se refere à dimensão simbólica e aborda a potencialidade humana de criar símbolos e se expressar nas mais diversas práticas culturais, individuais ou coletivas, foi concluído.

Estiveram presentes gestores de Rio Verde, São Gabriel do Oeste, Bodoquena, Ribas do Rio Pardo, Coxim, Paranhos, Terenos, Jaraguari, Brasilândia, Chapadão do Sul, Rochedo, Porto Murtinho, Eldorado, Maracajú, Paraísos das Águas, Naviraí, Ladário, Amambaí, Itaquiraí, Nova Andradina, Rio Negro, Figueirão, Miranda, Aral Moreira, Bandeirantes e Alcinópolis.

Para Sérgio Ferreira, gestor cultural de Aral Moreira, a capacitação contribuiu para a evolução do município e a expansão do pensamento ao entender o significado da cultura em sua região. “Descobrimos pela Sectei a oportunidade de participar deste encontro de extrema importância para nós. Entendemos a cultura hoje já em outra dimensão, muito mais do que eventos, mas aquilo que pode alterar a forma de ver das pessoas. Já conseguimos elaborar minuta para a criação do sistema municipal e até o fim desta gestão estaremos com ele concluído”, afirmou o gestor.

Durante apresentação de cada gestor, um entendimento em comum era evidente: quando cada cidade se organiza, o Mato Grosso do Sul inteiro ganha com isso. “Temos visto que toda essa cooperação e parceria da Sectei e do Governo do Estado, esse meio de introduzir aos municípios a informação, de ensinar a criar nossos meios de organização montando e estruturando de verdade a cultura em cada município envolvido, é de extrema importância para o desenvolvimento do nosso Estado. Nosso município ainda é jovem, há muito o que crescer em termos de cultura, mas agora já estamos no caminho certo”, completou Valdir Pereira, gestor cultural de Bodoquena.

Mas não para por aí. Segundo a superintendente de Economia Criativa da Sectei, Cláudia Medeiros, no ano que vem tem mais capacitação. “Concluímos um importante ciclo de capacitação do Prosimc com sucesso, onde diversas regiões agora têm seus planos e sistemas de cultura concluídos ou engatilhados. Mas nossa missão não para por aí, os gestores mudam e surge a necessidade de atualizá-los”, explicou Cláudia.

Participam da organização as técnicas da Superintendência de Economia Criativa da Sectei/MS, Deise Lima e Luciene Bicudo, sob a direção da superintendente de cultura e de economia criativa Cláudia Medeiros.

20161027_085759

20161027_085811

20161027_085830

20161027_093637

20161027_115442

20161027_115508

Publicado por: tmotta@fazenda.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.